fbpx
Rua Alfredo Cunha, nº 225, Piso 1 Sala 5, 4450-023 Matosinhos
223 163 348 (Chamada para rede fixa nacional)
geral@ipafasia.pt

Trabalho do Psicólogo vs. Neuropsicólogo na Afasia

Trabalho do Psicólogo vs Neuropsicólogo na Afasia

 

A Psicologia é uma área que analisa e estuda os comportamentos, pensamentos e emoções. O psicólogo clínico é um profissional cujo trabalho pode contribuir para a prevenção, diagnóstico e intervenção em quadros psicopatológicos.

A Neuropsicologia é uma especialidade da Psicologia que faz a ligação com a Neurologia e estuda a relação entre o cérebro, funções cognitivas (e.g., memória, cálculo, atenção, linguagem, raciocínio, etc.) e o comportamento. Esta utiliza um conjunto de técnicas de exame e diagnóstico para estudar condições provocadas por doenças que afetam o comportamento e a cognição. Através de uma avaliação neuropsicológica, é possível aferir os domínios cognitivos preservados e afetados, mas também é possível perceber quais as alterações emocionais e comportamentais provocadas por lesões encefálicas.

No IPA temos em prática as duas valências, podendo estas ser trabalhadas de forma independente ou em simultâneo. As pessoas com afasia beneficiam de uma avaliação completa e, posteriormente, de uma intervenção pensada e adaptada à sua situação. Esta intervenção é sempre feita em conjunto com as Terapeutas da Fala e até com outros terapeutas externos ao IPA que estejam a acompanhar a pessoa com afasia. Assim, o neuropsicólogo é responsável pela reabilitação cognitiva, sendo fundamental a estimulação dos domínios cognitivos e capacidades funcionais afetadas na pessoa com afasia. Desta forma, o plano de reabilitação é individualizado e pode sofrer alterações no decorrer da intervenção. Poderá também ser necessária a criação de recursos com estratégias facilitadoras para o seu dia a dia, como por exemplo, a criação de um horário de atividades ou o planeamento de atividades funcionais.

Quando existem alterações da linguagem decorrentes de uma lesão cerebral (i.e., afasia), o papel do psicólogo é tão importante como o do neuropsicólogo, uma vez que o psicólogo ajuda a pessoa com este diagnóstico a lidar com dificuldades diversas e na promoção do seu autoconhecimento. O trabalho do psicólogo pode ser também crucial na gestão de expectativas e emoções, que podem oscilar no decorrer da reabilitação. Muitas pessoas com afasia chegam até ao IPA com um humor depressivo e sem esperança na vida que têm pela frente, e o psicólogo consegue promover o ajuste da sua autoestima, passando esta para um estado de conformidade e bem-estar com ela própria.


Em suma, aqui no IPA, a razão pela qual se adota um trabalho multidisciplinar é indiscutível, uma vez que adotando uma abordagem holística caracterizada por um trabalho de intervenção em várias frentes (quando necessário), o resultado final terá um maior impacto na vida da pessoa com afasia.

Para mais informações consulte as nossas fichas informativas nº 16 e nº 17 aqui.

Sara Cruz – Neuropsicóloga do IPA

Perto de si, vive alguém com afasia.

Consigne 0,5% do IRS ao IPAfasia.

Ajude-nos a ajudar!

NIF 513862072

Curso
Online

Curso para pessoas com afasia e familiares

Programa Essencial

Grátis 50 inscrições

Curso
Online

Curso para pessoas com afasia e familiares

Programa Essencial

Grátis 50 inscrições